Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Empresas Sustentáveis

Nosso planeta se encontra em um estado lastimável, onde os Recursos Naturais continuam sendo consumidos indiscriminadamente, muitos destes encontrando-se próximos a seus níveis mínimos.

Frente a estes fatos, vários grupos da sociedade tem se movimentado na tentativa mobilizar as pessoas e conscientizá-las quanto aos problemas ambientais que estamos sofrendo e aos graves problemas que estão por vir caso nenhuma atitude seja tomada.

Neste contexto, uma das principais fontes de mudanças é o Governo. Tendo controle sobre políticas fiscais, tributárias e sobre os principais órgãos de defesa do ambiente, o governo tem em mãos o poder necessário para fazer o sonho de salvar o meio ambiente muito mais próximo da realidade.

Porém, visto que há pessoas poderosas entre os governantes, há quem muito interessa que a exploração continue desregrada e abusiva, são poucas as atitudes eficientes que o Governo tem tomado visando uma Exploração Sustentável dos recursos naturais e do meio ambiente.

Vejamos quais as principais ações que o Governo tem tomado para incentivar as Empresas Sustentáveis:

-     Em muitas regiões do País há incentivos fiscais para as empresas que se adéquam às regras ambientais, tanto a nível municipal quanto estadual ou federal.

-       Recentemente, foi aumentada a rigidez nas punições às empresas que infringem as leis ambientais.

-       Desde março deste ano, o Governo Federal instituiu regras para licitações que obrigam as empresas participantes a terem programas de sustentabilidade. Veja quais os principais requisitos exigidos agora:

-       Emprego de sistemas que permitam reuso da energia e da água utilizadas na empresa;

-       Comprovação da legalidade da origem da madeira utilizada em construções

-       Utilização de energia solar

-       Políticas funcionantes de redução do consumo energético

-       Priorizar o uso de materiais biodegradáveis, reciclados ou reutilizáveis.

Empresa Sustentável

No Mundo todo, os Governos tem tomado atitudes parecidas, sendo algumas mais modestas, e outras mais arrojadas. Porém, os grandes responsáveis pela poluição mundial continuam dando as costas para o meio ambiente em prol de seus lucros e crescimento econômico.

O Governo Americano, por exemplo, continua se negando a assinar importantes tratados de redução na produção de dióxido de carbono, o maior responsável pela poluição atmosférica. O Brasil, apesar de se colocar oficialmente a favor da luta pela preservação ambiental, está repleto de leis que acabam por agredir o meio ambiente, como uma lei mineira de janeiro de 2009 que permite a exploração agrícola em áreas de proteção permanente.

Os Governos são responsáveis pelo bem-estar dos países, e assim, devem usar todo o poder que tem em mãos para buscar a sustentabilidade e incentivar as empresas que dão valor a estas práticas para que possamos ter um mundo mais saudável para o futuro de nossos filhos e netos.

3 Comentários até agora.

  1. Humberto disse:

    O texta acima menciona que “Em muitas regiões do País há incentivos fiscais para as empresas que se adéquam às regras ambientais, tanto a nível municipal quanto estadual ou federal”.

    Cite um único exemplo.

    Não conheço, já pesquisei e acredito que não existam incentivos fiscais nessa área.

    Ñão conheço a legislação de Estados e Municípios (pode ser que exista algum estado ou munícipio que conceda redução de carga tributária), mas no âmbito federal não existe nenhum, a não ser aqueles decorrentes da própria forma societária e enquadramento, tais como o Simples Nacional ou mais recentemente a empresa individual, mas nada relacionado a benefícios com produtos ecológicos.

    Estou correto? Caso não, me indique algum benefício fisca.

  2. Paulo Da Taty disse:

    Um grande passo a favor da sustentabilidade e consciência ambiental …

Deixe um Comentário