Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Segundo a Wikipédia, é considerada arquitetura sustentável toda forma de arquitetura que leva em consideração formas de prevenir o impacto ambiental que uma construção pode gerar.

Surgida pelos anos de 1970, a arquitetura sustentável preconiza que uma construção deve alterar minimamente o meio ambiente em que está inserida. Utilizando a maior quantidade possível de elementos de origem natural e garantindo um aproveitamento racional dos recursos necessários para iluminar e ventilar os ambientes; de forma a reduzir os desperdícios nessas áreas. Além disso, a arquitetura sustentável deve preocupar-se com o uso de materiais certificados e que venham de fornecedores legalmente estabelecidos e que professem as mesmas crenças em relação a diminuição dos impactos ambientais e das emissões de gases poluentes. É também freqüente o uso de materiais considerados ecologicamente correto como os reciclados ou os oriundos de projetos sociais. Depois de tudo; ainda há um estudo detalhado de como se portará a construção e de como serão tratados os resíduos gerados por ela; de forma a não afetar (ou reduzir drasticamente esse efeito) no ambiente que circunda o imóvel.

Através desses cuidados, a arquitetura sustentável procura elaborar prédios que sejam cada vez mais eficientes energeticamente. Assim, não é incomum a utilização de materiais alternativos e totalmente diferenciados do que se encontraria numa construção “não sustentável” nas áreas de iluminação e ventilação do prédio. A energia solar ou a eólica, dependendo da localidade em que se encontra a obra, são freqüentemente adotadas como formas limpas e de emissão praticamente zero; podendo assumir parte ou a totalidade da responsabilidade por esses itens.

Um cuidado especial é dado ao posicionamento da casa e a disposição das janelas conforme o deslocamento do sol no horizonte e a direção do vento. O uso de vidros duplos é também um aliado importante para garantir que a casa seja bem iluminada ao longo do dia pela luz do sol sem, no entanto, permitir que o calor se instale. Esse procedimento é responsável por uma economia enorme de energia que seria gasta na iluminação e na refrigeração desses lugares.

Outro item importante para a arquitetura sustentável é a utilização racional da água nos empreendimentos. Uma questão definida como básica, é o aproveitamento da água da chuva para regar plantas e jardins; lavar as áreas externas e ser usada nas descargas sanitárias. Desta forma, a economia de água é absurda e pode chegar até a trinta por cento em relação a uma construção “normal”.

A arquitetura sustentável também tem profunda preocupação com o destino correto dos resíduos gerados na própria obra. Para isso, preconiza que os entulhos oriundos da construção podem ser usados como aterros; na fabricação de tijolos e o restante pode ser reciclado de várias outras formas e aplicado de inúmeras maneiras diferentes. Reduzindo os custos e a necessidade de descarte desses resíduos nos aterros sanitários (ou até pior; de forma errada e perigosa para o meio ambiente).

Seguindo todos os parâmetros e mantendo-se dentro das especificações da arquitetura sustentável, os prédios são avaliados e recebem um selo de acordo com os parâmetros de sustentabilidade adotados na construção. Desta forma, valoriza-se o imóvel e garante-se uma vida plena e menos estressante para toda uma comunidade. Tudo isso, graças à arquitetura sustentável.

É mesmo uma pena que essas boas práticas não sejam obrigatórias em nosso país.

30 Comentários até agora.

  1. José Carlos disse:

    Olá. Parabéns pelo blog. Sempre acreditei numa maior integração do homem com a natureza atraves do seu espaço habitado, independente da paisagem em que a obra se incorpora. Daí a importância da arquitetura, traçando novas formas para que esta integraçao seja o mais proveitosa possível para o homem e o seu meio, gerando menos ou menores impactos. Obras que incorporam tais conceitos com certeza só tem a agregar valor ao trabalho do arquiteto. Abraços.

  2. Raquel Nunes disse:

    Oizinho José,
    Bom primeiramente obrigado pelos parabéns, é muito gratificante receber elogios pelo “trabalho” realizado, pq na verdade é um hobby ^^
    Realmente como você disse a partir do momento que a integração homem meio ambiente se torna maior por mais que os impactos não sejam erradicados, pelo menos serão menores e portanto preservando ainda mais nossa natureza, que infelizmente, não está recebendo a atenção que merece!

    Volte mais vezes!

    Bjos
    Raquel Nunes

  3. Ana Paula disse:

    É isso aí Raquel! =)
    São de pessoas responsáveis conscientemente que o planeta precisa \o/
    Se o povo pensar e agir a partir de agora sem ‘egoísmo’ poderemos ter um futuro muito melhor para a nova geração!
    “Menos é mais” acreditem! Sábias palavras.. ;D~
    É por isso que nós arquitetos devemos colocar sempre a sustentabilidade a primeiro plano, afinal, o ‘começo’ depende de nós.

    Tá de parabéns pelo seu bog também Raquel! Super informativo! Espero que com essas informações que nós publicamos possamos ajudar em algo =)

    Se quiserem ler mais sobre o assunto visitem: http://arquiteturamoderna.blogspot.com/2008/08/arquitetura-sustentvel.html

    Beijos Raquel! ;*

  4. Raquel Nunes disse:

    Oi Ana!!!
    Pois é flor, a nossa parte estamos fazendo, no seu caso você pode até fazer um algo mais por ser arquiteta, eu não sou mas faço minha parte em casa e passando a informação adiante!!
    Com a difusão da informação eu espero fazer um algo mais á favor do meio ambiente, quem sabe né? as vezes alguém le um post se interessa por sustentabilidade e passa a se informar melhor sobre o assunto e aplica-la no seu cotidiano.

    Bjinhos Ana

  5. Encontrei este blog pesquisando no google sobre arquitetura sustentável (estou escrevendo um artigo sobre o tema) acabei gostando muito. Estou assinando o feed de vocês. Parabéns pelo seu trabalho!

  6. Raquel Nunes disse:

    Oi Gabriel,

    Espero que goste dos artigos! Depois manda o link do seu artigo pra que eu possa ler!

    Bjinhos

  7. Beto Gebara disse:

    Oi Raquel.
    Em primeiro lugar parabéns pelo seu blog. É bastante elucidativo e toca em uma questão que eu particularmente tenho enraizado na minha vida e busco aprimorar os conhecementos e divulgá-los ao máximo.
    Sou arquiteto e sócio de um escritório que carrega a bandeira da arquitetura sustentável, por entendermos que se não for dessa forma nossa contribuição enquanto arquitetos será sempre incompleta e de certa forma irresponsável.
    Não se trata apenas de criar edifícios modernos e belas casas. É fundamental saber o impacto dessas construções no meio ambiente e o que podemos fazer para reduzí-lo. Seja a curto prazo ou a longo prazo.
    Espero poder manter mais contato com você.
    Abraços.
    Beto Gebara

  8. Bem legal a matérioa, gostei muito do artigo. Parabéns. =)

  9. Feliciano Garcia Costa de Sousa disse:

    gostaria de ser um arquiteto

  10. Feliciano Garcia Costa de Sousa disse:

    gostaria de entrar no mundo da arquitetura, sou apaixonado pela esta arte moderna, precisava um esclarecimento se como posso entrar em contacto com voces.

  11. oi pessoal td bem com todos eu gostei muito de site achei muito imterançante eu e meu filho rubens e aline de vela uma menina muito chata mas eu tenho que aceita eu amo ela mau coração aline = UHUUUL ella disse qe me ama <3 (lll¹²³ / so quis dizer que é d+++++ bom thauuuu

  12. luciana disse:

    o assunto é muito bom eu vou fazer um trabalho sobre esse assunto e isso vai ajudar muito.
    obrigada.

  13. Boa tarde,

    Gostaríamos de solicitar um apoio na divulgação do curso “Introdução à Arquitetura Sustentável” que será realizado no Hotel Blue Tree em Florianópolis no dia 27/02/2010.

    Para informações sobre o conteúdo do curso, investimento e inscrições, favor acessar o site http://www.ecolearning.com.br

    Atenciosamente

    Marcelo Jordan

  14. Phellipy Souza disse:

    Olá!
    “Gostei do apoio à sustentabilidade, você esclareceu bem o que Arquitetura brasileira realmente precisa.”
    Parabéns! boa sorte.

  15. [...] que nos sistemas de ar condicionado central dos prédios construídos sem a preocupação com a arquitetura sustentável, os dutos do ar condicionado central se transformam em verdadeiros criadouros de fungos e abrigo [...]

  16. [...] O que é Arquitetura Sustentável? [...]

  17. [...] que nos sistemas de ar condicionado central dos prédios construídos sem a preocupação com a arquitetura sustentável, os dutos do ar condicionado central se transformam em verdadeiros criadouros de fungos e abrigo [...]

  18. [...] que nos sistemas de ar condicionado central dos prédios construídos sem a preocupação com a arquitetura sustentável, os dutos do ar condicionado central se transformam em verdadeiros criadouros de fungos e abrigo [...]

  19. Olá somos uma empresa nova no mercado de produtos para captação de água de chuva com tecnologia australiana, temos alguns diferenciais em nossos produtos, inclusive o preço que é 60% inferior ao existente. Se estiverem interessados em mais informações nos avisem.
    abs
    leo

  20. Silvana dos Santos disse:

    Quais sao os problemas mais comuns para se emfrentar quando se trata de emplementar arquiteturas sustentaveis? E quais sao as hipoteses mais de resolucao dos mesmos?
    Aguardo reposta.
    Atenciosamente,Silvana

  21. suzane brevalla disse:

    ola estou pensando em ser uma futura arquiteta e andei pesquisando sobre. achei o maximo a arquitetura sustentavel,queria saber mais .
    beijos !!!! Suzane brevalla

  22. Carlos disse:

    Gostei de mais de saber sobre Arquitetura Sustentável, pois este artigo me ajudou a fazer o meu trabalho de Arquitetura.

    Excelentes dicas!

  23. Lima disse:

    Encontrei este blog pesquisando no Google sobre arquitetura sustentável
    Estou escrevendo um artigo sobre o tema e acabei gostando muito.

    Vou recomendar esse blog para todas as minhas pessoas conhecidas!

  24. Sandoval disse:

    Estou escrevendo um artigo sobre o tema e acabei gostando muito!
    Vou recomendar esse blog para todas as minhas pessoas conhecidas e para os meus contatos do Twitter!

  25. [...] Juntamente com a não utilização de produtos de limpeza nocivo ao meio ambiente. O território da arquitetura sustentável é ainda demasiadamente novo, entretanto as aplicações de técnicas sustentáveis na construção [...]

  26. Raquel Nunes disse:

    A arquitetura sustentável, é um processo em permanente evolução que enfoca estratégias inovadoras e tecnologias para melhorar a qualidade de vida cotidiana, sua abordagem envolve principalmente: diretrizes projetuais formais e espaciais ; eficiência energética na construção e sua manutenção; aproveitamento de estruturas pré-existentes; uso de materiais ecologicamente corretos; e planejamento territorial envolvendo a proteção de contornos naturais.

  27. Allan Tavares disse:

    inovador e sustentável,ótimo para o planeta…

  28. ADOROO É UMA ATITUDE RACIONAL P O MEIO EM QUE VIVEMOS…

  29. Naiara Prado disse:

    Adoro invação e acho uma pena que estas praticas não seja obrigatoria em nosso país ainda, mas chegará uma época que isso será necessario para melhorar a vida das pessoas.

  30. adorei a meteria… tudo q seja em beneficio ao meio ambiente é mto bom…..

Deixe um Comentário