Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Atualmente, 80% da população brasileira se concentra no perímetro urbano, o que torna a educação ambiental nas cidades algo imprescindível em nosso país. O melhor gerenciamento da energia elétrica, o uso consciente das águas e o excesso de carros em circulação todos os dias aumentando os níveis de poluição são alguns dos temas emergenciais que precisam ser debatidos no contexto de ecologia urbana, pois ainda há muito desperdício e a mudança de pequenos hábitos e a conscientização da população pode fazer muita diferença na preservação do meio ambiente.

Ongs Verdes

As ONGs “verdes” são algumas das instituições que discutem, de forma contundente, maneiras de promover a melhor utilização dos recursos naturais. Elas também atuam de modo mais incisivo na sociedade, junto aos representantes públicos como vereadores, deputados, senadores, prefeitos e governadores, além dos ministérios responsáveis, cobrando atitudes mais efetivas nas áreas de saneamento básico, destino adequado do lixo, melhorias nos transportes coletivos e alternativos, construção de áreas verdes municipais e áreas de reflorestamento, maior controle sobre a utilização dos recursos naturais em empresas, medidas para a redução da poluição do ar, entre outras.

Essas organizações não governamentais também pregam que tais atitudes sustentáveis devem ser implantadas sob um sistema de parceria entre o poder público e a sociedade. Ao fazer o saneamento básico, construir redes de esgoto e estrutura para tratar melhor os recursos hídricos é importante que o Estado também invista na educação da sociedade disseminando informações de como utilizar conscientemente a água, não desperdiçando, e, muito menos, jogando lixo diretamente nos rios e mares.

Investir no transporte coletivo e incentivar o seu uso, garantindo qualidade à população, também é uma boa alternativa para diminuir os impactos causados ao meio ambiente. É necessário ampliar as linhas de trem e metrô, colocando uma frota maior de ônibus nas ruas e construindo corredores de ônibus e ciclovias. Assim, o governo mostra para a sociedade que é possível se locomover sem a necessidade de colocar o carro na rua e aumentar os níveis de poluição do ar.