Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Sustentabilidade UrbanaA industrialização ocorrida nas grandes cidades de todo o mundo desde meados do século XVIII causou o desenvolvimento dessas metrópoles e sua rápida urbanização. Concomitantemente a esse processo, houve a profunda alteração do meio ambiente, a partir da ocupação desordenada de operários e a grande quantidade de indústrias espalhadas por toda a cidade.

O resultado desses fatos é uma intensa poluição do meio ambiente e uma desigualdade social acentuada em grande parte dessas cidades altamente desenvolvidas industrial e economicamente.

Evidências que nos provam essa situação são diversas e muito claras: a grande quantidade de lixo, produzido pela população, não tem mais espaço para ser armazenado, criando assim um número inacreditável de lixões a céu aberto nas cidades; a imensa área verde desmatada para a criação de moradias; os rios, os lagos, os córregos e outras fontes de água contaminadas pelos dejetos e lixo produzido pelos moradores e indústrias das proximidades e; a poluição do ar provocada pelos gases emitidos por automóveis e fábricas em constante aumento nas metrópoles.

Esses são apenas alguns exemplos de causas e consequências que ocorrem a partir do aumento constante e descontrolado das metrópoles em todo o mundo. Tudo isso resulta em efeitos terríveis aos seres humanos, os próprios causadores dessa situação. Doenças, desmoronamentos e pobreza são problemas enfrentados pela sociedade atual em decorrência dessa situação que foi iniciada há muito tempo atrás.

Atualmente, com a expansão da sustentabilidade urbana, as cidades estão buscando formas de reverter ou, ao menos, evitar o progresso dessa situação.

Antes de tudo, é necessário ter em mente que todas as camadas da sociedade devem participar dessa ação. A seleção, armazenagem e descarte corretos do lixo, são algumas atividades que podem representar o início dessa atenção ao meio ambiente.  Além disso, o uso de biocombustíveis no próprio automóvel, a reutilização da água da chuva, a não utilização de produtos em aerossol compostos por gás CFC e, principalmente, a atenção nas atitudes das grandes empresas em relação ao meio ambiente e às pessoas já são atitudes que contribuem muito para a criação de uma sociedade mais sustentável.