Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Hoje o público consumidor se preocupa muito mais com a forma como os produtos são produzidos e os perigos inerentes para o meio ambiente do que num passado próximo. A realidade de hoje, nem chega perto da que podemos prever (sem qualquer dúvida) que no futuro será ainda muito mais difícil para uma empresa superar o estigma de ser poluidora ou de não levar em consideração uma preocupação séria com o meio ambiente. A empresa que não for sustentável verdadeiramente; tenderá a desaparecer pela própria “seleção natural” do mercado.

Para que uma empresa sustentável possa ser realmente chamada de amiga do meio ambiente e preocupada com a sociedade que a cerca; ela deve fazer muito mais do que simplesmente usar papel reciclado ou fazer doações e campanhas em prol do meio ambiente.

Essa realidade faz com que a empresa sustentável busque intensamente por tecnologias e meios de produção que sejam sustentáveis e possam adequar seus produtos aos parâmetros impostos pelo conceito de sustentabilidade de forma plena e eficiente. Essas tecnologias vão desde o desenvolvimento de softwares para uma gestão mais eficiente dos recursos naturais necessários a produção de produtos fabricados pela empresa ou sistemas de gerenciamento de frota que evitem o desperdício de combustível e o excesso de deslocamento dos veículos. Além disso, estudos e desenvolvimento freqüentes em novos métodos de produção ou materiais podem representar um passo significativo para levar uma empresa a conseguir aplicar a sustentabilidade na sua produção.

Além disso, a empresa que é sustentável deve atuar também de forma pró-ativa na comunidade em que está inserida e na comunidade que gira em torno de seu próprio pessoal colaborador. De nada adianta uma empresa se apregoar como sustentável e ter passivos trabalhistas enormes. A meta “empresa sustentável”, é um conjunto de fatores e de medidas que se completam de forma a abranger toda a área de atuação da empresa e toda a sua cadeia produtiva e de vendas.

Com o crescimento da cultura da sustentabilidade pelo mundo e em nosso país, as empresas começaram suas caminhadas rumo a sustentabilidade. Algumas por puro oportunismo ou por uma questão de marketing apenas. No entanto, essas empresas logo perceberão que ser uma empresa sustentável é algo impossível de se disfarçar por muito tempo e que logo sua imagem será destruída no mercado; caso a verdade venha à tona. Esse alerta deve ser levado muito a sério por administradores, gerentes e membros do corpo diretor da empresas interessadas. Sob pena da empresa cair em tal descrédito e correr o risco de ter sua imagem destruída além de qualquer recuperação.

O interesse em tornar-se uma empresa sustentável é justo e será o responsável pela salvação do que resta de nosso planeta. As necessidades do mercado, as necessidades da empresa e de toda a comunidade devem ser igualmente levadas em consideração na hora de iniciarem-se os estudos para tornar qualquer empresa sustentável. O planejamento e a execução calçada em detalhados levantamentos e estudos de viabilidade será a chave para o sucesso ou para o fracasso do processo.