Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Há alguns anos vemos todos os dias na TV e nos jornais, notícias sobre a expansão da consciência de que se não cuidarmos do planeta, logo não o teremos mais.

Esta consciência nos leva a buscar diariamente um novo meio de viver, gerando o menor impacto possível ao ambiente. Isto é o que chamamos de desenvolvimento sustentável. Deixar o mundo se desenvolver sem para isto deteriorar o meio ambiente como a humanidade tem feito nos últimos séculos.

Sendo assim, um ponto muito importante do desenvolvimento sustentável está ligado à construção civil. O número de pessoas no planeta cresce constantemente, e mais casas e prédios são necessários. Então, como colocar a construção civil dentro do desenvolvimento sustentável?

A resposta para esta pergunta são os Materiais “Verdes”, que têm sido desenvolvidos nos últimos anos visando o reaproveitamento de materiais que de outra forma se perderiam, além de evitar o uso abusivo de matérias primas não renováveis na construção civil.

Materiais Sustentáveis - Decoração Materiais Sustentáveis - Decoração

São vários os materiais “verdes” que podemos usar na construção civil. Eles estão disponíveis para as paredes, pisos, telhados e até para o acabamento e decoração dos imóveis. Já é possível construir uma casa sustentável com facilidade.

Seguem abaixo alguns exemplos de materiais verdes para a construção civil:

Blocos de entulho – Blocos feitos a partir de entulhos moídos. Reaproveitam os restos de construções demolidas ou de reformas. Estes podem receber vigas em seu interior ou não.

Materiais Sustentáveis - Madeira Manufaturada

Madeira Manufaturada - São tábuas de madeira feitas a partir de serragem e madeiras de construções demolidas e restos de madeira. Diminuindo assim o entulho resultante de construções.

Blocos de pedra – São blocos de pedra mesmo. Podem ser usados em construções no lugar dos blocos comuns.

Madeira certificada – Madeira certificada é madeira extraída legalmente e que muitas vezes vem de árvores plantadas especialmente para este fim.

Telhado Verde – Pode-se colocar uma cobertura vegetal sobre o telhado, o que permite uma melhor regulação da temperatura interna da residência, evitando desperdícios com aquecimento e resfriamento do local. O ecotelhado, como é chamado, consegue absorver grande parte da água das chuvas, o que pode ajudar a evitar enchentes, e, além disso, deixa sua casa muito mais bonita! Mas atenção. Um telhado verde não pode ser feito de qualquer jeito. É necessário escolher bem a planta que será usada e estruturar as camadas de terra que serão substrato para estas plantas. Procure um especialista para planejar seu telhado verde.

Materiais Sustentáveis - Tijolo Sustentável

Tijolos de Terra – Há basicamente duas opções: paredes estilo pau-a-pique que são feitas com uma mistura de terra argilosa, água e palha que é colocada em uma estrutura de madeira trançada. Estas paredes podem levar reboque e outros acabamentos. A outra opção são os tijolos adobe. Estes tijolos são feitos com terra crua, água e palha. Os tijolos adobe podem inclusive ser feitos no local da obra. Tijolos de terra em geral geram um bom conforto térmico e acústico. Outra opção são os tijolos de terra-cimento ou blocos de terra comprimida, que levam terra, água e um pouco de cimento. Geralmente não precisam de argamassa, e reduzem a utilização de estruturas de ferro na construção.

Muitos dos materiais verdes para construção podem ser preparados no próprio local da construção, artesanalmente. Os que não são assim são encontrados em lojas especializadas neste tipo de materiais para construção.

Devido à preparação artesanal, os tijolos e blocos feitos com terra ou entulhos são muito baratos, sendo gastos neles, somente os valores referentes ao gasto de água e cimento (dependendo do tipo de tijolo). As lojas que os fazem trabalham sob encomenda, e os preços dependem de pedido de orçamento.

Os telhados verdes geralmente são acompanhados de serviço paisagístico pelas lojas que os oferecem e varia em preço dependendo do tipo de planta desejada, clima do local, área desejada, entre outros vários fatores, dependendo também de elaboração de orçamento por parte da loja.

São várias as vantagens de se usar materiais verdes na construção civil. Além dos benefícios ecológicos, há a redução dos gastos, devido à possibilidade de manufatura de grande parte destes materiais, e redução do uso de outros como argamassa e estruturas metálicas. Além disto, os materiais verdes proporcionando melhor isolamento térmico e acústico evitam gastos com estes.

As desvantagens que podemos encontrar ao usar materiais verdes são principalmente devidas à falta de habilidade e vontade dos trabalhadores comuns em utilizar este tipo de material, pois geralmente há uma resistência devido ao hábito de utilizar outros materiais, o que pode resultar em blocos e tijolos mal feitos ou descontentamento por parte dos trabalhadores.

A Utilização de Materiais Verdes na Construção civil e a arquitetura sustentável têm-se mostrado muito proveitosa, como comprovam as experiências recentes dos países desenvolvidos, assim, devemos estimular o uso destes materiais nas construções brasileiras e gerar assim um desenvolvimento sustentável em todas as áreas.

4 Comentários até agora.

  1. Otto Guilherme Gerstenberger Junior disse:

    Materia muito pertinente ao mercado imobiliário. Parabéns!

  2. JANETE B. ROCHA disse:

    Adorei este projeto! Estou fasendo um TCC relacionado a sustentabilidade ambiental, estou amando este trabalho em defesa da ecologia urbana.

  3. [...] para o futuro da construção civil. Vale à pena investir em casas sustentáveis? Atualmente, os materiais sustentáveis são mais caros do que os tradicionais, mas em vários países essa construção civil obteve [...]

  4. Thaís Martha disse:

    iNCRÍVEL SUSTENTABILIDADE SEMPRE

Deixe um Comentário