Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Os apartamentos sustentáveis são a mais nova tendência em matéria de construção civil. Tendo iniciado pela Europa, essa tendência arquitetônica e de engenharia acabou “caindo no gosto” do consumidor final e se espalhou pelos países mais ricos com uma velocidade surpreendente.

O enorme sucesso e a procura pelas unidades de apartamentos sustentáveis; acabou fazendo com que as construtoras brasileiras se interessassem por esta nova forma de construir moradias. Pensar formas de aproveitar melhor os materiais utilizados na construção, diminuindo o volume de resíduos e de entulhos durante a obra, o uso de materiais com origem comprovada e que não agridam o meio ambiente durante sua fabricação, extração ou descarte; foram elementos que promoveram o grande apelo para essas construções. Uma vez que a construção civil é, em qualquer parte do mundo, uma área da atuação humana muito poluente e grande formadora de resíduos e de agressões ambientais.

Além disso, os benefícios pós-construção agregados ao fato de que os apartamentos sustentáveis eram mais agradáveis, confortáveis e “ecologicamente corretos”; começaram a tornarem-se economicamente muito atrativos e trouxeram os olhares dos consumidores para esses imóveis.

A economia provocada pelo uso de fontes de energia alternativas; aproveitamento da luz do sol para a iluminação das unidades e das áreas comuns e o estudo detalhado das correntes de vento que provocaram uma melhor ventilação das unidades habitacionais e das demais áreas construídas; fizeram dos apartamentos sustentáveis uma excelente oportunidade de conseguirem-se grandes descontos nas contas de concessionárias de energia e, com isso, baratearam muito o preço final de viver-se nesses lugares.

Da mesma forma, o uso racional da água e o reaproveitamento e reciclagem das águas servidas e da chuva; proporcionou uma enorme economia de dinheiro e de um recurso que, hoje em dia, está desaparecendo de nosso planeta graças a ação predatória e perniciosa do ser humano.

Os apartamentos sustentáveis são uma realidade muito bem-vinda nas grandes cidades brasileiras que vivem uma realidade repleta de graves problemas com o abastecimento de água, qualidade do ar, destinação do lixo e tratamento correto dos esgotos. Se conseguirmos o mesmo sucesso comercial dos apartamentos sustentáveis, aqui em nosso país, certamente as construtoras “convencionais” e “tradicionais” se animarão com o “novo horizonte” e começarão a implementar projetos sustentáveis e a sustentabilidade aplicada a construção.

Sem qualquer sombra de dúvida um sucesso comercial dessa magnitude poderá alterar os paradigmas vigentes na nossa construção civil e proporcionar uma chance de um futuro mais limpo, mais saudável e com menos desperdício nas vidas dos habitantes das grandes metrópoles brasileiras.

Repletas de problemas ambientais gravíssimos provocados pela ocupação desordenada e pela tradicional alienação de nosso povo, as metrópoles brasileiras (e até mesmo algumas cidades do interior) apresentam problemas tão graves que, em determinadas áreas, a solução desses contratempos tornou-se virtualmente impossível. Os apartamentos sustentáveis seriam a chance de diminuir o impacto e as exigências de nossa ocupação no meio ambiente metropolitano e daria uma oportunidade para que as cidades “respirassem” mais aliviadas.

Pense nisso.