Ecologia Urbana

O Caminho para uma Sociedade Sustentável

Com o aumento da população nas grandes cidades do mundo e a escassez cada vez maior de recursos naturais básicos, o ser humano vem buscando formas de garantir que no futuro as gerações humanas tenham condições de se manter e de serem abastecidas através dos mesmos meios e fontes de recursos que existem hoje.

Infelizmente, não há uma fórmula mágica que garanta a continuidade das reservas que dispomos hoje e mesmo assegure que elas suportarão o mesmo ritmo frenético de consumo a que estão submetidas atualmente. A água potável já se encontra sob enorme pressão de demanda e acredita-se que, muito em breve, as reservas naturais estarão esgotadas ou super utilizadas. Isso, sem qualquer sombra de dúvidas, lança um manto de preocupação sobre as mentes dos dirigentes, políticos e pensadores que têm a responsabilidade de garantir que seus povos continuarão a ser alimentados e que poderão se servir com a água por muitos e muitos anos.

A perspectiva de que guerras e grandes morticínios poderão ocorrer pelo simples direito de beber-se um copo de água. Algo que seria inimaginável na mente de muitas pessoas, já que a água é um recurso teoricamente renovável. Contudo, grande problema reside não no fato da água ser renovável ou não. Mas sim na forma como usamos os mananciais hoje e agredimos o meio ambiente em que estamos inseridos.

A poluição dos rios pelo homem e o ataque sistemático as florestas e as áreas onde existem nascentes provocam a inutilização de inúmeras fontes de captação de água e a morte de nascentes que eram responsáveis pelo abastecimento de enormes grupos humanos. O resultado é muito óbvio: escassez e um custo cada vez maior para tratar a água que pode ser captada.

Esse verdadeiro drama vem fazendo com que o ser humano comece a imaginar e a desenvolver formas de conviver melhor com esse terrível problema e garantir que, num futuro distante, nosso planeta ainda consiga reunir as condições mínimas para manter as vidas de nossos filhos e netos. Com isso, as construtoros resolveram aplicar o conceito de sustentabilidade em seus empreendimentos então assim surgiram os prédios sustentáveis.

Prédios sustentáveis são estruturas planejadas para economizar energia e recursos naturais de forma a garantir uma redução do impacto de sua existência. Desde o momento em que são projetados, esses prédios sustentáveis são planejados de forma a aproveitar ao máximo a iluminação diurna; aproveitar fontes alternativas de energia e fazer uso e reuso da água que necessitem para funcionar. Além disso, os resíduos produzidos desde a construção e o lixo posterior produzido pelos moradores, é reciclado pelo próprio prédio ou encaminhado para empresas responsáveis por essa reciclagem. O restante que é totalmente imprestável tem uma destinação correta e que não provoque grandes impactos no meio ambiente.

Assim os prédios sustentáveis constituem-se na esperança de garantir uma sobrevida a raça humana e uma oportunidade de termos cidades mais bem planejadas e capazes de lidarem com seus resíduos de forma correta e prática. Da mesma forma, os prédios sustentáveis representam uma economia de recursos energéticos e de água imensa e podem garantir que esses recursos estejam disponíveis para as gerações futuras por muito mais tempo.

Categoria: Ecologia Urbana